quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Espaguete ao molho pesto

Quando desejo um molho de sabor incomparável, que seja rápido de preparar, que apresente aroma marcante, com predominância de ingredientes frescos, saudáveis e naturais em sua composição, é o molho pesto que me vem à cabeça. 

Tradicionalmente o pesto é preparado no pilão, que em italiano significa pestello. Mas o termo pesto é derivado da palavra da língua italiana pestare, que é sinônimo de algo próximo a amassar, moer, e também triturar.

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Mousse de chocolate em três camadas

Esta mousse tem algo que me encanta: simplesmente não consigo escolher de qual camada eu gosto mais. Só sei que é bom, muito bom, tão bom que dá vontade de comer mais!

Aprenda a fazer e tenha essa receita sempre em mãos para as mais diversas ocasiões. 

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Mise en place

Mise en place¹ é um termo de origem francesa, que traduzido quer dizer 'colocar tudo no lugar', 'dispor'. 

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Extrato de baunilha

A baunilha é um fruto originário da Vanilla planifolia, uma variedade de orquídea típica do México.

As favas obtidas dessa orquídea são curadas para que desenvolvam as características de cor, aroma e sabor tão famosas da baunilha.


Sejam inteiras, partidas ao meio ou somente as sementes, a baunilha fornece aroma e sabor intensos a bolos, sorvetes, cremes, mousses, saladas de frutas, muffins, muitos outros doces e até em preparações salgadas. 

Bolo mole

O bolo mole é uma preparação à base de leite e farinha sem fermento, típica da região nordeste do Brasil. Esse bolo é bastante consumido nos estados nordestinos e existem diversas receitas dessa variedade de bolo. 

Aprenda a fazer o delicioso bolo mole do Gastroempatia.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Massa de bolo amanteigado

O bolo faz parte da nossa vida: está nos nossos aniversários, casamentos, comemorações, no café da manhã, no lanche da tarde, na confeitaria... Enfim! Existem diversos motivos para se fazer um bolo.

O bolo, além de atividade culinária, envolve química. Mas também é social: muitas pessoas aprendem com as mães e com as avós como fazer bolo. 

Algumas das informações passadas por elas são empíricas, não possuindo base química. Mas, a "fórmula" do bolo têm seus segredos e, para não errar, é preciso conhecer bem os ingredientes, suas funções e como se comportam.

Cronut

O cronut é uma receita criada em 2013 pelo confeiteiro Dominique Ansel, em Nova Iorque. Ele combinou a massa folhada com o formato e a cobertura do doughnut (conhecido popularmente como donut), o que resultou nesse doce, que acabou virando um grande sucesso em diversos países. 

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Placas de corte

As placas de corte são superfícies planas utilizadas para apoiar alimentos durante a manipulação, especialmente quando há necessidade de cortar os alimentos. 

Antigamente, as placas de corte eram chamadas de tábuas, e boa parte delas era feita de madeira¹.

Hoje, encontramos placas de corte de vidro, polietileno e polipropileno disponíveis no mercado. Cada tipo de placa apresenta vantagens e desvantagens. 

Tortinha folhada de maçãs

Aprenda a fazer uma deliciosa tortinha folhada de maçã com canela, que pode ser consumida quente, morna, em temperatura ambiente ou gelada!

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Palmier

O palmier é um doce de origem francesa feito de massa folhada, que é recheado com açúcar. O palmier é tão especial devido ao seu formato, que lembra um coração, e ao seu tamanho reduzido. Pode ser considerado um tipo de biscoito.

Além de palmier, esse doce também é chamado de orelha-de-elefante e também de orelha-de-macaco. 


A receita que apresento hoje traz o recheio tradicional de açúcar, mas agregando um toque de canela. Veja a seguir. 


Massa folhada

A massa folhada, por vezes chamada de mil folhas, é uma massa não-fermentada de característica leve, formada por camadas finas que são elaboradas com gordura, normalmente, manteiga ou margarina folhada. Essas camadas são formadas por massa intercalada com gordura, que, durante a cocção, acabam formando as folhas.

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Surpresa de morango

Esta receita de surpresa de morangos é diferente das demais e agrada demais a todos que experimentam. 

Aprenda a fazê-la a seguir.

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Chá

Dentre as bebidas mais consumidas do mundo, o chá figura em segundo lugar¹. O chá surgiu há mais de quatro mil anos na China. Teria sido Shen Nung, imperador chinês, o responsável pela criação dessa bebida. 

Naquela época, o imperador ordenara, por medida higiênica, que todos fervessem sua água antes de preparar suas bebidas. E, certa vez, ao ferver sua própria água, Shen Nung notou que algumas folhas haviam caído na água e, observando, notou que haviam surgido cor e aroma na água. Então, provou e aprovou. As folhas que haviam dado essas características à água eram de camellia sinensis.

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Moqueca de camarão


A moqueca é um prato oriundo da cultura indígena. O método de assar (ou, diz-se, até grelhar) no moquém¹ foi primordial para a criação das moquecas.

Mas, como inúmeros pratos brasileiros, há o toque dos escravos africanos, que contribuíram com o azeite de dendê e o leite de coco.

É um prato que exige ingredientes frescos, portanto, tenha cuidado ao selecionar os ingredientes, para que potencialize ainda mais o sabor da preparação.

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Iogurte

O iogurte é um produto proveniente da fermentação do leite pelas bactérias Lactobacillus bulgaricus Streptococcus termophillus. Essa fermentação resulta em acidez, cremosidade e aroma peculiar. 

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Tipos de cortes

Quando se fala em cortes de vegetais, é bastante comum ouvirmos as referências em cubos ou 'tirinhas'. Mas, gastronomicamente falando, os cortes têm seus nomes específicos.

Conheça (ou relembre) os principais termos utilizados a seguir:

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Muffin de banana e muffin de avelãs

O muffin¹ é um tipo de bolinho (mas também é conhecido como um pãozinho rápido), que possui uma massa densa, pouco doce, com recheio misturado à massa, sem cobertura, assado em pequenas porções e ideal para lanches².

Para compor os sabores dos muffins, podem ser utilizados chocolate, frutas frescas ou secas, oleaginosas e especiarias. 

O muffin foi criado na Grã-Bretanha, no século XI, e era produzido à partir de fermento biológico³. Mas foi em território americano que o muffin passou a ter a aparência e textura que conhecemos hoje. O muffin chegou aos Estados Unidos no século XIX, onde a receita foi modificada, passando a ser elaborada com fermento químico³.

Bolinho de chocolate recheado com nutella

Essa receita é um carinho, um afago para quem vai receber visitas! Mas não somente: para quem está com vontade de comer um doce, quem quer presentear, quem quer se desculpar... enfim! Essa preparação agrada facilmente!

Veja a seguir como fazer.

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Cocada dourada

A cocada é uma preparação originária da Angola. E, apesar de ter sido desenvolvida na África, essa receita é, muitas vezes, creditada à cultura alimentar da Bahia¹. 

E até faz sentido: os escravos africanos levaram diversos pratos típicos de seus países para o Brasil. E foi a Bahia o estado que mais desenvolveu a culinária baseada nos ingredientes e hábitos do africano.

Existem muitas variedades de cocada: podem ser macias, firmes, pálidas, douradas e escuras. E mais: podem ser preparadas de diversas formas.

A seguir, apresento uma forma rápida de preparar cocada.

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Café

No Brasil, café é sinônimo de trabalho. Mas, para muitos, além disso, é desjejum, evita dor de cabeça, faz parte do lanche da tarde, é acompanhamento do cigarro, é parceiro do bolo ou da tapioca... Enfim, o café está no dia-a-dia dos brasileiros (que fique claro: não somente dos brasileiros).

Mas, será que esse café está sendo preparado de modo a potencializar seus aromas e sabores?

Aprenda agora como fazer para transformar o seu cafezinho do dia-a-dia em um maravilhoso café de respeito. 


Waffle

O waffle é uma preparação que surgiu na Idade Média, na região em que hoje está localizada a Bélgica. Sua composição básica se assemelha à composição dos crepes e das panquecas, que são compostos de farinha, ovos e leite. Outros ingredientes podem enriquecer a massa, tais como manteiga e açúcar. 

Mas a característica especial do waffle é seu formato, que, independente de ser quadrado ou redondo, é repleto de sulcos (furinhos padronizados) formados pela chapa de metal na qual é produzido. 

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Camarão piña colada

A combinação entre abacaxi e coco me encanta muito! E, como já havia mencionado anteriormente, a piña colada é meu coquetel preferido.

Então, tive a ideia de unir os principais ingredientes do meu drink favorito em uma receita com camarão. E o resultado, como era de se esperar, é fantástico.

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Perigos gastronômicos (quase) desconhecidos

O trabalho na cozinha é, de uma forma geral, considerado inóspito. São altas temperaturas, instrumentos afiados, equipamentos pesados, instalações elétricas próximas à água... Mas todos nós já sabemos disso e, por esse motivo, temos cuidado redobrado.

Porém existem outros perigos que nos cercam e que não costumam ser tão divulgados assim.

Conheça-os a seguir.

Crumble de morango e cacau

Essa receita de crumble é uma alternativa rápida e muito fácil de fazer.


Veja a seguir.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Bobó de camarão

O bobó de camarão é um prato típico da Bahia¹, e, como boa parte das receitas tradicionais baianas, há influência da cozinha europeia, africana e indígena. 

No caso do bobó, ingredientes da cozinha da África e da cultura indígena se destacam, como a pimenta e o azeite de dendê africanos e a macaxeira, também conhecida como mandioca, base da alimentação dos índios brasileiros, sendo provável que esse prato tenha sido criado no século XVII.

O bobó é definido como um prato com camarões em um creme de macaxeira, temperados com leite de coco e coloridos e saborizados com azeite de dendê.

Siga a receita abaixo e aprenda como se faz um bobó de camarão baianíssimo².

Medidas caseiras

Para quem trabalha em sua cozinha caseira e não possui balança (tampouco de precisão), executar uma receita que foi escrita em quilogramas e em gramas pode ser uma tarefa complicada. 

Não há dúvidas de que a melhor solução seria realmente fazer as pesagens de forma minuciosa, mas, quando isso não é possível, não se desespere nem desista de fazer a receita – ainda há uma solução!

Basta recorrer às tabelas de conversão de gramas para medidas caseiras. Nela, você encontrará conforto e mais segurança para executar a preparação. 

Yakisoba de camarão

O yakisoba foi criado na China, mas o Japão se apropriou da receita, fazendo com que estão disponíveis no mercado duas vertentes de yakisoba.

Yaki significa frigir (frigido) e soba é a variedade de macarrão que costumeiramente se usa para fazer esse prato.

Portanto, o yakisoba consiste em uma massa de macarrão frigida, que junto com vegetais e carnes, forma um prato único.

Existem diversas variações de yakisoba, mas a principal delas utiliza um molho à base de shoyu. 

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Crumble de abacaxi com coco

Crumble, em inglês, é traduzido como esmigalhar na língua portuguesa, mas não possui nome próprio em português. 

crumble é uma sobremesa britânica muito fácil e saborosa de preparar. Versátil, pode ser preparada em vários sabores e possui como característica uma crosta crocante sobre as frutas assadas.

É preparada uma farofa doce que recobre frutas e vai ao forno. 

Foi durante a Segunda Guerra Mundial, na Grã-Bretanha, que surgiu a receita do crumble, pois, durante a guerra, era necessário economizar mantimentos. Além da economia de ingredientes, a receita do crumble propiciava maior economia de tempo se comparada com produção de uma torta tradicional. 

A combinação entre abacaxi e coco já é conhecida mundialmente no coquetel piña colada, e, agora, ganha uma nova roupagem na preparação desse crumble criado especialmente para Gastroempatia.

Aprenda agora a fazer essa receita tão saborosa!

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Shimeji com manteiga e shoyu

Os cogumelos, incluindo o shimeji, são opções saudáveis e saborosas para compor inúmeras refeições. Estando fresco, o shimeji fica ainda melhor! Cheios de glutamato monossódico natural, conferem o gosto umami, o chamado gosto 'gostoso', às preparações em que estão presentes. 

Versátil, o shimeji pode protagonizar pratos como risotos, acompanhar carnes, estar como molho de diversas massas e também pode ser consumido em saladas e outras receitas. 

Aprenda a fazer um prato muito saboroso à base de shimeji.

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Regras que (quase) ninguém liga

Por motivos variados, existem combinações entre alimentos (e também bebidas) que deveriam ser evitadas, mas que na prática continuam sendo consumidas com grande frequência e, mais, que fazem o maior sucesso! 

Conheça algumas dessas combinações que deveriam ser evitadas. 

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Pad Thai

 A convite dos amigos do Lupulento, preparei um prato típico da Tailândia, O pad thai.

O pad thai é uma preparação que combina uma massa (normalmente o talharim ou o cabelo de anjo - de arroz) e um molho exótico, que, como todo bom e característico prato tailandês, explora os diversos gostos e texturas: salgado, doce, azedo, apimentado, macio e crocante. Apesar da diversidade de gostos presente nesse prato, o salgado e o azedo são, sem dúvidas, os predominantes.







A massa de macarrão é de arroz, insumo típico do continente asiático. O molho exótico que tempera o pad thai é uma mistura de pasta ou suco de tamarindo concentrado com leite de coco, pimenta e molho de peixe¹.

sábado, 1 de fevereiro de 2014

Naked cake de frutas do bosque

Naked cake, o bolo nu (ainda chamado de bolo pelado ou bolo rústico), é uma variedade de decoração de bolo que dá ênfase à massa e ao recheio em detrimento da cobertura. 

Em um bolo tradicional, é utilizado glacê real ou pasta americana, que acaba por esconder a massa do bolo e as particularidades do recheio.

No naked cake não há cobertura e, para tal, a massa do bolo precisa ser preparada, desenformada e decorada com esmero e delicadeza para que não fique mal feita, feia ou desmoronando.

Aprenda a fazer o naked cake de frutas do bosque.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...